Domingo, 7 de Setembro de 2008
Paul Valéry # 28

«Que haverá mais cansativo do que imaginar
o caos de uma multidão de espíritos?

- Cada pensamento acha o seu par neste tumulto,
o seu contrário, o seu antecedente e o seu seguidor.
Tantas semelhanças, tanto imprevisto, desencorajam-no.»



(Paul Valéry, Op. cit., p. 68)



publicado por vbm às 13:50
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 31 de Agosto de 2008
Paul Valéry # 27

«Dizer; redizer; contradizer; predizer; maldizer...
Estes verbos todos juntos resumiam-me
o zumbido do paraíso e da palavra.»



(Paul Valéry, Op. cit., p. 68)



publicado por vbm às 13:07
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008
Paul Valéry # 26

Img in Blog de História 12.º Ano EFLG

 «Cada qual alicerça a existência
sobre a inexistência dos outros

a quem temos, no entanto,
de arrancar um consentimento
para não existirem...»


(Paul Valéry, Op. cit., p. 69)



publicado por vbm às 09:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 11 de Julho de 2008
Paul Valéry # 25

 

 

 

 

Il faut rappeler aux nations croissantes qu'il n'y a point d'arbre dans la nature qui,

placé dans les meilleurs conditions de lumière, de sol et de terrain,

puisse grandir et s'élargir indéfiniment.

 

L'Histoire justifie ce que l'on veut.

Elle n'enseigne rigoureusement rien,

car elle contient tout et donne des exemples de tout.

 

L'homme moderne est l'esclave de la modernité :il n'est point

de progrès qui ne tourne pas à sa plus complète servitude.

 

 

Paul Valéry "Regards sur le monde actuel"



publicado por vbm às 12:18
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Junho de 2008
Paul Valéry # 24

 

«Tudo quanto faço e penso é espécime, apenas, do meu possível

O homem é mais geral do que a sua vida e os seus actos.

Como que está previsto para mais eventualidades 

do que pode conhecer.»

 

"O Senhor Teste"



publicado por vbm às 12:14
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Junho de 2008
Paul Valéry # 23

 

 

«A consciência de um tolo não sei o que é,
mas a de um homem de espírito está cheia de tolices.»

 



publicado por vbm às 18:44
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
Paul Valéry # 22

 

«Ninguém se lembraria de explicar o movimento por considerações de cor,
ao passo que o contrário é ou foi tentado.

Há, pois diversidade.

Talvez por sermos fonte de movimentos,
e não de cores - e este poder

ser
condição de explicação



(Paul Valéry, Op. cit., p. 103)

 



publicado por vbm às 17:47
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 26 de Abril de 2008
Paul Valéry # 21

«Não leio no jornal
aquele drama sonoro, aquele sucesso
que faz palpitar os corações.

A que lado me levariam, senão
ao verdadeiro limiar destes problemas abstractos
em que já me encontro instalado por inteiro?»




(Paul Valéry, O senhor Teste, Relógio d'Água, 1985, p. 53)



publicado por vbm às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 15 de Abril de 2008
Paul Valéry # 20

 

Soleil, soleil!... Faute éclatante!
Toi qui masques la mort, Soleil...
Par d'impénetrables délices,
Toi le plus fier de mes complices,
Et de mes pièges le plus haut,
Tu gardes les coeurs de connaître
que l'univers n'est qu'un défaut
Dans la pureté du Non-être.




publicado por vbm às 12:11
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 2 de Abril de 2008
Paul Valéry # 19

 

«Um homem feliz é aquele que

ao despertar se reencontra com prazer,

se reconhece como aquele que gosta de ser.»

.



publicado por vbm às 11:50
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Paul Valéry # 28

Paul Valéry # 27

Paul Valéry # 26

Paul Valéry # 25

Paul Valéry # 24

Paul Valéry # 23

Paul Valéry # 22

Paul Valéry # 21

Paul Valéry # 20

Paul Valéry # 19

Paul Valéry # 18

Paul Valéry # 17

Paul Valéry # 16

Paul Valéry # 15

Paul Valéry # 14

Paul Valéry # 13

Paul Valéry # 12

Paul Valéry # 11

Paul Valéry # 10

Paul Valéry # 9

arquivos

Setembro 2015

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

tags

albert jacquard

ana de sousa

ana hatherly

ar rosa

astronomia

ayer

davidson

deleuze

dostoiévski

espinosa

eugénio de andrade

fiama

fotografia

françois miterrand

frege

gerard de constanze

gonzalo torriente ballester

hobbes

homero

hume

imagens

jl borges

khalil gibran

kripke

leibniz

maquiavel

nietzsche

pascal & espinosa

paul auster

paul valéry

peirce

philo-vídeos

platão

política

putnam

quine

rawls

russell

samuel beckett

sandra costa

scarlett johansson

searle

sophia de mello breyner

villaret

virgínia woolf

wittgenstein

todas as tags

favoritos

...

links
Míope, logo táctil. Gosto de ler e conversar, q.b. «Nada convem mais ao homem do que o seu semelhante.» Vasco
blogs SAPO
subscrever feeds